“Não existe racismo no Brasil”, diz Mourão após morte de negro em supermercado

Publicado em 20/11/2020
por Brenner Menezes às 13:46

O mandatário classificou como “lamentável” a morte de João Alberto Silveira Freitas

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB) afirmou nesta sexta-feira (20), que não existe racismo no Brasil e classificou como “lamentável” a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, que foi morto por dois seguranças brancos em um supermercado em Porto Alegre.

“Lamentável, né. Lamentável isso aí, isso é lamentável. A princípio, é segurança totalmente despreparada para atividade que ele tem que fazer. […] Para mim, no Brasil, não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar aqui para o Brasil. Isso não existe aqui”, disse o vice-presidente.

Após a declaração, Mourão foi novamente questionado sobre achar que não existe racismo no país, e realizou uma comparação do Brasil com os Estados Unidos.

“Eu digo para você com toda tranquilidade, não tem racismo. Eu digo isso para vocês porque eu morei nos Estados Unidos. Racismo tem lá. Eu morei dois anos nos Estados Unidos. Na minha escola, que eu morei lá, o pessoal de cor, ele andava separado. Eu nunca tinha visto isso aqui no Brasil”, justificou.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil