Carrefour: Veja repercussão da morte de homem negro após agressão

Publicado em 21/11/2020
por Elias Alves às 12:13

Diversas autoridades do Brasil se manifestaram após João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, ser asfixiado e morto na noite desta quinta-feira (19) por dois seguranças brancos em uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A morte do homem negro causou revolta em diversos setores da sociedade gerando protestos em diversos municípios em todo o país.

Até o momento, o único membro do alto escalão do governo a se pronunciar foi o vice-presidente, Hamilton Mourão, que classificou a morte como ‘lamentável’, mas afirmou não haver racismo no Brasil.

Confira a repercussão:

Ministro do STF, Alexandre de Moraes
Presidente do TSE e Ministro do STF, Luis Roberto Barroso
Ministro do STF, Gilmar Mendes
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
Governador de São Paulo, João Dória
Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.
Presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre
Governador do Rio Grande do Sul
Ministro do STF, Luiz Fux