Casal de médicos realiza festa de casamento ilegal com 350 pessoas em Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro

Publicado em 10/06/2021
por Camila Falcão às 15:38

O paradisíaco cenário no sul da Bahia, Arraial d’Ajuda, foi o cenário de uma luxuosa cerimônia de casamento envolvendo cerca de 350 pessoas, neste último fim de semana.

Em virtude do atual cenário da pandemia da Covid-19 e para conter a proliferação a disseminação do coronavírus, o governo da Bahia proibiu eventos desta natureza. Entretanto, a realização ficou por conta de quem deveria servir de exemplo: um casal de médicos do estado de Minas Gerais.

As imagens dos noivos e seus convidados sem máscaras e aglomerados circularam nas redes sociais após publicação de vídeos publicados por fornecedores do evento.

Após a repercussão negativa da festa ilegal de casamento e que desrespeitava os protocolos da vigilância sanitária, o cerimonial responsável pela organização dos festejos excluiu os registros na internet. O perfil dos médicos nas redes sociais também foram deletados.

De acordo com Procuradora Geral do município de Porto Seguro, Magali Menezes, o caso já está sendo investigado e todas as providências administrativas estão sendo tomadas.

“O caso está sendo apurado, as empresas foram notificadas, o município, a administração não foi procurada em nenhum momento para concessão de nenhum tipo de licença. Foi um evento realizado sem o conhecimento da administração”, acrescentou.