15/02/2021

Sociedade Urgente: Entrevista com Luís Carneiro, Procurador-chefe do MPT na Bahia

O ministério público do trabalho (MPT) elaborou um documento com o objetivo de orientar a atuação de procuradores no que se refere à vacinação contra a covid-19. De acordo com o MPT, os trabalhadores que se recusarem a tomar o imunizante, sem justificativa médica, podem ser demitidos por justa causa. Nesta segunda-feira, o Sociedade Urgente recebe o procurador-chefe do MPT na Bahia, luís carneiro, para falar sobre a relação direito-dever de empregadores e empregados em relação a vacina.